Aproximemo-nos com um coração sincero

REFLEXÃO 19/12/2013 - 005 - 
“ Aproximemo-nos com um coração sincero...”
 Por Taciano Cassimiro


Em certo momento de seu ministério, Jesus, repreendeu severamente os religiosos de seus dias que se aproximavam de Deus vestidos e revestidos com a capa da religião, com a falsidade, com teatralidade, com um coração insincero, Mt 15.7-8. Assim aprendemos que é possível honrar ao Senhor com os lábios e estar com o coração longe D’ele. É possível tentar se aproximar de Deus com o coração cheio de encenações, maldade, inveja, orgulho e hipocrisia.
O autor de hebreus escrevendo, provavelmente, para um grupos de judeus que viviam na Itália por volta do ano 70 d.C, fala da importância de nos aproximarmos de Deus com compromisso, verdade, sinceridade, sem reservas“ Aproximemo-nos com um coração sincero...”. É verdade que o coração do homem é enganoso. Somos constantemente traídos pelo nosso intelecto, emoções e vontade. Assim, temos dificuldades de por nós mesmos nos aproximarmos de Deus de forma correta.
Então o que fazer?
Sou chamado pelo Senhor para se aproximar D’ele, mas por outro lado não posso fazê-lo de forma satisfatória. O que fazer? Devemos rogar ao Senhor, que nos der corações dispostos a obedecer, corações sinceros, ardentes, corações quebrantados, morto para o ego, desejosos de se aproximar tendo como fundamento o amor a Ele.


“Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele..”



Comentários